Nomeados

COLETIVOS

BATERIA

A.C.R.E.S. Vai Quem Quer
Estarreja

2018

E.S. Costa de Prata
Ovar

2018

G. S. Sócios da Mangueira
Mealhada

2018

G.R.E.S. Trepa de Estarreja
Estarreja

2018

GRUPO/ALA DE PASSISTAS

A.C.R.E.S. Vai Quem Quer
Estarreja

2018

G. S. Sócios da Mangueira
Mealhada

2018

G.R.E.S. Bota no Rego
Sesimbra

2018

G.R.E.S. Trepa de Estarreja
Estarreja

2018

COMISSÃO DE FRENTE

G.R.E.S. Trepa de Estarreja
Estarreja

2018

A.C.R.E.S. Vai Quem Quer
Estarreja

2018

G.R.E.S. Bota no Rego
Sesimbra

2018

G.R.E.S. Amigos da Tijuca
Mealhada

2018

ESCOLA EM PALCO

A.C.R.E.S. Vai Quem Quer
Estarreja

2018

G.R.E.S. Bota no Rego
Sesimbra

2018

G. S. Sócios da Mangueira
Mealhada

2018

G.R.E.S. Charanguinha
Ovar

2018

ESCOLA DE SAMBA (Geral)

G.R.E.S. Trepa de Estarreja
Estarreja

2018

A.C.R.E.S. Vai Quem Quer
Estarreja

2018

G.R.E.S. Bota no Rego
Sesimbra

2018

E.S. Costa de Prata
Ovar

2018

CARNAVALESCO/COMISSÃO DE CARNAVAL

Comissão de Carnaval
G.R.E.S. Bota no Rego

2018

ENREDO: “13 minutos depois da meia noite”

Juan Rodriguez & Com. Verde e Branco
A.C.R.E.S. Vai Quem Quer

2018

ENREDO: “uhmmmm!!! Que delícia!”

Inês Machado
G.S. Sócios da Mangueira

2018

ENREDO: “Criei asas voei”

Comissão de Carnaval
G.R.E.S. Trepa de Estarreja

2018

“Tempo: a máquina de fazer história”

SAMBA-ENREDO

A.C.R.E.S. Vai Quem Quer
Estarreja

2018

ENREDO: “uhmmmm!!! Que delícia!”

Ouvir:

Ouvir
G.R.E.S. Trepa no Coqueiro
Sesimbra

2018

ENREDO: “Eco? Lógico?”

Ouvir:

Ouvir
G. S. Sócios da Mangueira
Mealhada

2018

ENREDO: “Criei asas voei”

Ouvir:

Ouvir
G.R.E.S. Bota no Rego
Sesimbra

2018

ENREDO: “13 minutos depois da meia noite”

Ouvir:

Ouvir

HARMONIA EM DESFILE

A.C.R.E.S. Vai Quem Quer
Estarreja
G.S. Sócios da Mangueira
Mealhada
G.R.E.S. Trepa de Estarreja
Estarreja
G.R.E.S. Bota no Rego
Sesimbra

INDIVIDUAIS

MADRINHA DE BATERIA

Liliana Pastor
A.C.R.E.S. Vai Quem Quer

2018

Tem 25 anos e anda no samba desde os 14 o que faz com muito amor. Ambiciona superar-se todos os dias combatendo as dificuldades que vão aparecendo e acima de tudo ser feliz. A Madrinha de Bateria do Vai Quem Quer diz “para mim, o samba é uma forma de expressão, um refúgio dos problemas onde posso encontrar e libertar toda a minha energia. O Samba é Alma”

Ver Video:

Ver Video
Raquel Pombo
G. S. Sócios da Mangueira

2018

Raquel Pombo Rodrigues entrou no samba em 2007 no Unidos do MatoGrosso mudando-se para os Sócios da Mangueira em 2010, tendo acumulado entretanto funcões de ensaiadora de várias escolas. Chegou a Madrinha de Bateria em 2018 e ela diz que ambiciona que o seu trabalho e dedicação ao samba não sejam esquecidas e que a sua história seja lembrada no futuro. Remata dizendo “para nunca ninguem desistir dos seus sonhos”

Ver Video:

Ver Video
Beatriz Ventura
G.R.E.S. Bota no Rego

2018

Beatriz Ventura 24 anos Auxiliar de ação educativa Entrei no samba em 2008. Sou rainha de bateria á 6 anos. Ambiciono puder um dia desfilar no carnaval do rio como passista. Desde muito pequena que sempre assisti ao carnaval de Sesimbra e sonhava um dia representar a bateria do bota e com muita pesquisa, trabalho e a cima de tudo Amor pelo samba, consegui.

Ver Video:

Ver Videos
Liliana Dias
G.R.E.S. Trepa de Estarreja

2018

Liliana Dias entrou no Trepa em 1998 e como ela diz “Foi no Trepa que cresci, que fiz os meus amigos e praticamente já nem me lembro de mim sem ser Trepa! É a minha segunda casa, é a minha segunda família”. Construíu no samba uma história cheia de aprendizagens e momentos maravilhosos! Nunca saberei transcrever em palavras tamanha GRATIDÃO! Espero que a cultura sambista continue a crescer cada vez mais em Portugal e que o samba seja sempre feito com humildade, amor e o respeito.

Ver Video no seguinte Link:

Ver Video

MESTRE-SALA

Renato Sabão
G. S. Sócios da Mangueira

2018

Renato Sabão aos 9 anos já frequentava Escolas de samba no Brasil e o bichinho ia entrando nele. Desfilou como ritmista na Pérola Negra  e depois só voltou ao samba em Portugal nos Sócios da Mangueira em 2001. Desde 2011 que defendo o pavilhão da Escola e está sempre a procurar aprender e passar as suas aprendizagens. Seu grande objectivo é que o samba em Portugal vá sempre crescendo. Diz “ Eu não entrei no samba, foi o samba que entrou em mim”


Ver Video:

Ver Video
Alcides Ferreira
G.R.E.S. Batuque

2018

Alcides Ferreira, Venezuelano chega a portugal em 1999 e em 2001 estreia-se no Carnaval. Encantado pela mundo místico do samba, deixou-se levar principalmente no Carnaval Mealhada onde desfila desde sempre. Ambiciona evolução contínua e constante aprendizagem. É actualmente o ​Mestre de Sala do Gres-Batuque, coordenador de Passistas, Professor de dança e recentemente "Bloguista".

Ver Video:

Ver Video
Tiago Pontes
G.R.E.S. Trepa de Estarreja

2018

Tiago Pontos, entrou no samba em 2010 e hoje é o Mestre Sala do Gres Trepa Coqueiro. Ambiciona tornar-se todos os dias um pouco melhor , para um dia ser uma referência a nivel nacional do samba. Em alguns momentos da vida diz que o samba o tornou mais forte e sente que ficou sempre em dívida. Diz que “ o samba passou a ser um pouco mais daquilo que imaginava e hoje quere realmente espalhar alegria e ser feliz”

Ver Video:

Ver Video
Christian Neves
G.S. Os Morenos

2018

Christian Neves entrou no samba em 2007 acabado de chegar da Venezuela e em 2010 começou a aventura de ser Mestre-Sala até aos dias de hoje. O Médico do Hospital de Aveiro tem como objectivo principal divertir-se. No que respeita á posição que ocupa o mais importante é respeitar a porta-bandeira e o pavilhão que representa tentado sempre encher os olhos dos espectadores.

Ver Video:

Ver Video

PORTA-BANDEIRA

Catarina Rogrigues
G.R.E.S. Trepa de Estarreja

2018

Catarina Rodrigues desfilou pela primeira vez em 1997 e desde então nunca mais deixou de desfilar na escola do seu coração. Passou a ser porta bandeira da escola no Carnaval de 2011 e diz “É um privilégio e uma benção ser a porta bandeira da escola que me viu crescer, que me deu uma segunda família e que faz parte da história da minha vida! O samba une, ensina e traz muita felicidade”

Ver Video:

Ver Video
Rita Fernandes
G.R.E.S. Batuque

2018

Rita Fernandes, entrou para o Batuque em 1997 onde se encontra hoje sendo inclusive Presidente da Escola. Desfilou nos mirins, como passista, destaque e CF sendo 2018 o seu 6º ano como Porta-Bandeira da escola que tanto ama. “É para mim uma hora defender o meu pavilhão e representar o Batuque”

Ver Video:

Ver Video
Adriana Carvalho
G. S. Sócios da Mangueira

2018

Adriana Carvalho, entrou no samba em 2003 nos Sócios da Mangueira onde continua e é actualmente Porta-Bandeira.Entrou pela dança,pelo carnaval mas apaixonou-se pelo associativismo e pela dinâmica de uma escola de samba. Diz que “O Samba é sem dúvida nenhuma uma forma de estar na vida, traz leveza e boa disposição. Dizem por aí que “é mais feliz quem samba” e ela diz que é a maior das verdades.

Ver Video:

Ver Video
Lia Rocha
E.S. Costa de Prata

2018

Lia Rocha entrou no samba em 2015 e como diz “tornei-me Porta-bandeira em 2018 num feliz acaso”. O mais importante é ser feliz e evoluir cada dia juntamente com a sua escola . Diz que “O samba para mim tornou-se uma forma de estar na vida... é onde eu me sinto bem...completa...e como costumo dizer... não fui criada no samba, mas do samba me criei...”

Ver Video:

Ver Video

PASSISTA MASCULINO

Hugo Neves
G.R.E.S. Juventude Vareira

2018

Hugo Neves entrou no samba em 2007 e já fez de tudo um pouco. Chegou á Juventude Vareira em 2015 e ambiciona que com a sua evolução possa conhecer e dar a conhecer o samba puro do Passistas Masculino, do Passista Malandro que se veste de fato branco com movimentos livres e linguagem corporal baseado nos seus pensamentos e ideias. Diz que “Até hoje o samba só me acrescentou como pessoa e ajudou a ultrapassar barreiras pessoais.

Ver Video:

Ver Video
Marcio Pinho
G.S. Os Morenos

2018

Márcio Pinho entrou no Samba em 2015 na Escola de Samba Vila Régia e em 2018 veio desfilar ao Carnaval de Estarreja aos “Morenos”. A Ambição é crescer cada vez mais no samba fazendo o que gosta e sendo feliz. Diz que “O Samba é uma forma de poder libertar todo o stress do dia a dia, podendo dar sempre o melhor de nós a quem nos apoia neste mundo”

Ver Video:

Ver Video
Thiago Lisboa
G.R.E.S. Trepa no Coqueiro

2018

Thiago Lisboa começou no samba com 5 anos no rio De Janeiro, já tendo desfilado em Escolas como a “Mangueira”, “Portela” , “União da Ilha”, “Tuiuti”, entre outras e em portugal a sua escola é  o Trepa no Coqueiro. A Ambição é nunca perder a essência do Samba no Pé. O Samba “é uma dança de alma que leva junto uma boa bateria a mexer o corpo”

Ver Video:

Ver Video
Helder Ferreira
ARCO E.S. Kan-Kans

2018

Helder Ferreira desfila desde 2013 nos Kankans. Diz que “eu aprendi o samba em casa e decidi partilhar o pouco que eu sei para o Mundo” . O Grande sonho é um dia poder ir desfilar nas Escolas do Brasil. Considera que cada ano é um obstáculo e vai superando isso sempre, pois sabe que nem sempre se agrada a todos. Finaliza dizendo “ Posso dizer que eu sou o Samba 365 dias”

 

Ver Video:

Ver Video